16 setembro 2008

Vire vegetariano, mas não coma parrillada

Por que em meio a tantas carnes nobres a porcaria do prato típico dos caras é uma mistura do que há de mais imundo, podre e nojento dentro de um bovino? Nunca nessa vida caia na besteira de pedir uma parrillada. Se alguém te indicar é trote, coloque o infeliz na sua lista negra. Parrilla, além do nome do prato, no sentido mais amplo significa grelhado – até ai, tudo bem. Parrillada seria então um festival de carnes grelhadas. E para um bom carnívoro como eu, é só ouvir pra começar a salivar. O problema é que ele é composto de morcija – uma lingüiça feita com sangue de boi, bem à lá o nosso sarapatel – rim e outros miúdos. EU COMI RIM!!!! Você tem noção disso? O que eu achava que poderia ser um fígado ou uma língua – o suficiente pra me assombrar e muito – era o rim de boi. Eu não quero nem pensar o que seria o resto. Pra mim tudo não passa de uma conspiração. Bem típico dos argentinos mesmo ficar com a parte boa da carne e oferecer os restos pras visitas.

4 comentários:

  1. ECA. Agora que rins, sangue e miudezas entraram em seu ser, Duds, considere-se um arrentíno de mierda. Ah, e grata pelo aviso. Ainda bem que vc foi trox o suficiente pra cair na lenda da parrillada antes de mim.

    ResponderExcluir
  2. É por isso que eu só como mignon e picanha em churrascaria de rodízio. O resto nem sei o que é... maminha? cupim? que porra é essa?

    ResponderExcluir
  3. É isso Mesmo Rick. Concordo.

    ResponderExcluir
  4. Edmilson Maschio26/11/2008 11:28

    Éisso mesmo Rik. Concordo plenamente.

    ResponderExcluir