15 setembro 2009

"Single Man" de Tom Ford fez o leão rugir phino no festival de Veneza

Pasmei. Tom Ford filmou uma história de amor entre homens e conquistou com isso um leão de Ouro Gay em Veneza. Sim, o leãozinho miou para o príncipe da moda mundial. Tom que é ex-estilista das marcas Gucci e Yves Saint Laurent disse ainda que a moda é "completamente efêmera", com um aspecto comercial muito marcado, enquanto o cinema é "realmente uma pura expressão artística", tá meu bem?
Agora que ele encheu o cú de dinheiro por conta da moda é fácil falar de arte, né miagente?
Mas daí que fui ver o trailer e me surpreendi com o elenco! Eis que me deparo com a encantadora Juliane Moore, Matheu Good (o vilão boa pinta de Watchmen e Match Point, lembrou?) e o premiado Colin Firth que ainda recebeu prêmio pela sua atuação como protagonista do filme.
Baseado em romance de Christopher Isherwood, o filme retrata a dor de um professor universitário (Colin Firth) diante da morte de seu companheiro por 16 anos, na atmosfera política carregada pela Guerra Fria, em 1962.
A coletiva de imprensa do filme em Veneza virou um palco em defesa da causa gay, o próprio Tom Ford citou as dificuldades que enfrentou quando com seu parceiro doente em leito hospitalar precisava estar munido de declarão do próprio para poder visitá-lo e lamentou o fato de tantos países no mundo ainda não respeitarem os direitos civis dos homossexuais.
O filme ainda não estréia prevista por aqui. Vamos torcer pra que entre em circuito comercial, néan?
vi no UOL e no G1

2 comentários:

  1. Vanessa Fernando15/02/2010 23:11

    Como postei no Face, eu vi o filme e vim aqui ler teu post. Atuaçoes realmente comovedoras. Planos muito interessantes. Atmosfera "sessentera" tao atual. Sob meu ponto de vista, um super resultado p este trabalho. Discurso pertinente. Instigante.

    ResponderExcluir