24 abril 2008

MEIA DÚZIA DE SUGESTÕES PARA A VIRADA CULTURAL by Dudu Viola

Bem gente desculpa mas como eu sou uma pessoa perturbada, não consegui me concentrar em apenas meia dúzia de atrações e fugindo a regra e inventando moda, deixo aqui meu seis locais pra virada:


Começo e fim no Teatro Municipal.
Aqui grandes artistas da música brasileira vão reviver seus maiores sucessos. Às 18h do sábado, a festa começa com Luiz Melodia cantando Pérola Negra (LP de 1973) e as cortinas se fecham com o show do Fino da Bossa (1964) na voz de Fabiana Cozza, Jair Rodrigues e Zimbo Trio às 18h do domingo.

Local: Teatro Municipal





Palco São João, esse é o lugar.
Pode montar acampamento que lá de hora em hora tem atrações imperdíveis. Cesária Évora já citada pelo Zeca Bral é seguida pelo banquinho, violão e divina voz de Gal Costa que ano que vem completa 40 anos do lançamento do LP Gal. Na hora da virada temos Zé Ramalho e Os Mutantes. E o domingo ganha mais swing e animação com a Orquestra Imperial e o mestre Jorge Ben Jor.

Local: Rua São João com Rua Aurora.




Boteco de Bambas, o nome já diz tudo.
Serão 24 horas do mais puro samba de roda rolando na inspiração de um dos maiores clássicos de Adoniran Barbosa, o Viaduto Santa Efigênia. Com um palco cenografado em clima de botequim, os maisores bambas da garoa receberam seus convidados para marcar essa festa com apresentações inesquecíveis. Samba da Vela, Velha Guarda da Vai Vai e Dona Ivone Lara e Nelson Sargento são apenas alguns nomes desta festa.

Local: Largo Santa Efigênia



Bloco da Virada, ô abre alas que eu quero passar.
Em ritmo de carnaval, a paulistada vai poder cair no samba ao som dos blocos de rua que invadirão o Largo de São Bento. Marchinhas, maracatus e outros batuques não vão deixar ninguém dormir na madrugada mais agitada do ano.

Local: Largo. São Bento





Bailinho, são dois pra lá, dois pra cá.
Esse é o mico total da virada cultural por isso eu aconselho comparecer ao local só depois de umas duas ou três doses de cachaça, e da boa! Aqui, no clima do filme nacional Chega de Saudade, um ônibus vai virar palco de aulas e shows de dança de salão pra transformar o meio da rua numa verdadeira gafieira.

Local: Rua Bento Freitas





Madrugada no Parque.
Para quem procura uma noite diferente e não está afim de se deslocar até o centro, o MAM vai promover um passeio de lanternas pelo Parque do Ibirapuera. O roteiro começa no Jardim das Esculturas, passa pela praça dos jogos, praça do porquinho, antiga serralheria, praça da paz e finaliza na escultura da aranha. Parece divertido, agora é ver pra crer.

Local: Parque do Ibirapuera





Dessa meia dúzia de dicas, a mais importante é que seja lá qual for o seu destino nessa noite, utilize o transporte público, não leve bolsas, relógios, jóias, celulares, BMWs, lanchas, nem iates. Vale lembrar que a gente vive na maior cidade da América Latina e que é sempre bom se prevenir. Boa virada e divirtam-se.

2 comentários:

  1. Viu Gera? POR FAVOR não vá belíssimo de Dolce&Gabbana...

    ResponderExcluir