29 agosto 2008

ARCO-ÍRIS REDONDO

Olhem para cima. Olhem para o céu. Não, não é um eclipse. Não, não é o super-homem.
Os paulistanos foram surpreendidos nesta sexta-feira, dia 29 de agosto de 2008 - dia nacional de combate ao fumo - por um fenômeno natural (alguns dizem que ese fenômeno é associado à poluição também, portanto, não totalmente natural); um fenômeno óptico conhecido como halo. Na parte da manhã, um gigantesco círculo luminoso parecido com um arco-íris circular se formou ao redor do sol, ao mesmo tempo em que uma névoa seca tomava conta do mesmo céu. Isso se deve à aproximação de uma frente fria junto com a formação de cristais de gelo na alta atmosfera, e que afetam a luz solar como pequenos prismas. Não tem nada a ver com Marte, Júpiter ou outro planeta sem importância onde a NASA ainda não mandou robô. Isso tem a ver com a mudança repentina do tempo. Peguem seus guarda-chuvas!

Um comentário:

  1. Eu queria que fosse a sombra de marte....

    ResponderExcluir