29 agosto 2008

Da Díficil Arte de Procurar Agulha no Palheiro Ou a Escolha do Vereador


A escolha do candidato a vereador exige empenho e conscientização, e ainda que muitos eleitores escolham o seu representante ao colher um panfleto ocasionalmente pairando nas ruas em dia de eleição, uma pesquisa em propostas e carreira de um político pode significar mais qualidade de vida para si e a sociedade.

Vamos admitir que achar um cara honesto, interessado e que atenda às suas exigências pode ser uma tarefa árdua em se tratando de uma avalanche de candidatos caricatos, pseudo-famosos e anônimos célebres que se vê ao longo da campanha. É o tal lance da agulha no palheiro, saca?

Pois o portal do Estadão criou um banco de dados sobre os cerca de mil candidatos à Câmara Municipal de São Paulo para facilitar a sua escolha.

No projeto Vereador Digital, cada candidato tem uma página com informações sobre escolaridade e renda, links para o site oficial e um vídeo com uma entrevista de cerca de três minutos.

A entrevista, feita por jornalistas do portal, abrange temas como o principal problema da cidade na opinião do candidato, seu local de atuação, seu político predileto, seu ídolo e seu time do coração. As mesmas perguntas foram feitas a cada um dos candidatos e candidatas, que tiveram o tempo equivalente para respondê-las.

O projeto envolveu a participação de uma equipe especial de repórteres, produtores e técnicos de vídeo, além dos editores do próprio portal.

No final, os cerca de mil vídeos disponibilizados na web traçarão um perfil inédito da classe política paulistana.

O conteúdo do site, com o auxílio de recursos multimídia, também explica o funcionamento da Câmara Municipal e detalha qual é o papel de um vereador.

Outro site em que você pode encontrar informações valiosas sobre a vida do seu candidato é o Transparência Brasil que exibe dados dos candidatos de todo o Brasil, como declaração de bens, corrupção, dados comparativos com outros países e muito mais. O que não pode é dizer em pleno século XXI que falta informação, né? Ao menos você, leitor remediado, poupe-me.

(+) Vereador Digital
(+) Transparência Brasil

2 comentários:

  1. Estava perdido até encontrar isto por aqui! Baleu, Dzeca!!

    ResponderExcluir